Dor no osso da perna. Causas e tratamento 100% eficaz! 

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

A dor no osso da perna tem muitas causas que podem indicar problemas diversos com o paciente. Em geral é um desconforto muito grande, em que o local da dor fica mais sensível e pode doer mesmo se a pessoa estiver parada. Em algumas situações a dor no osso da perna está ligada aos músculos ou mesmo articulações, que refletem no osso.

No entanto, é possível que a raiz do problema seja única e exclusivamente óssea.

Na maioria dos casos não se trata de um problema muito grave.

Mas se a dor no osso da perna persistir por mais de uma semana, é importante buscar um ortopedista que poderá diagnosticar a causa da dor e encaminhar o paciente para um tratamento mais eficaz.

Causas e tratamento para dor no osso da perna

Neste artigo vamos tratar de cinco problemas que causam dores nos ossos da perna e abordaremos formas de tratamento que ajudem a aliviar os sintomas de forma rápida.

Osteoporose

A dor no osso da perna pode ser decorrente da osteoporose. Esse é um problema muito comum nas mulheres idosas e que provoca a perda progressiva da massa óssea devido a uma maior dificuldade do organismo absorver o cálcio dos alimentos. O cálcio é um mineral fundamental para o organismo, proporcionando maior resistência aos ossos.

Com a osteoporose, os ossos se tornam mais frágeis e acabam facilitando a ocorrência de fraturas e acidentes. Isso ocorre porque o corpo não tem a mesma força de antes e acaba sucumbindo em atividades cotidianas.

Infelizmente, a osteoporose não tem cura. Contudo, é possível deixar os ossos mais fortes e minimizar a possibilidade de fratura por meio de uma combinação de ações:

  • Alimentação rica em cálcio;
  • Medicamentos com vitamina D e cálcio;
  • Exercícios regulares.

Poderá gostar: Quantos ossos tem o corpo humano?

Bursite do quadril

A bursite do quadril provoca dor intensa e aguda, geralmente na lateral do quadril e irradia ao longo da coxa. Esse problema atinge mais as mulheres idosas e também as que praticam muitos exercícios físicos.

A bursite do quadril dificulta a prática das tarefas cotidianas, de atividades físicas e complica a noite de sono.

Para tratar esse problema há uma série de ações que podem ser realizadas e que dispensam a cirurgia, utilizada apenas em casos muito raros. Veja:

  • Modificar e até mesmo evitar atividades que acentuam os sintomas;
  • Deixar de cruzar as penas;
  • Tomar anti-inflamatórios para combater a dor e a inflamação;
  • Usar bengala por um período, dependendo da necessidade;
  • Fazer fisioterapia, por meio de alongamentos e raios de calor na região;
  • Tomar injeção de corticoide direto no local.

Osteomielite

A osteomielite é uma doença infecciosa (causada pela bactéria Staphylococcus) que pode ser localizada ou se espalhar pela corrente sanguínea. Ela provoca febre, inchaço e vermelhidão na área infectada. Há várias causas para a osteomielite, entre elas:

  • Bactérias que circulam pelo sangue e podem chegar nos ossos;
  • Feridas profundas que podem levar as bactérias ao osso perto do ferimento;
  • Contaminação direta após uma fratura exposta ou durante uma cirurgia ortopédica.

O tratamento mais indicado e eficaz para a osteomielite é o uso de antibióticos que vão destruir as bactérias. Há casos, no entanto, em que é necessária uma cirurgia para a retirada do tecido ósseo infeccionado.

Anemia falciforme

A anemia falciforme é uma doença hereditária que atinge principalmente a população negra.

Ocorre uma alteração nos glóbulos vermelhos do sangue, que acabam se rompendo muito fácil e causam a anemia. Um dos sintomas mais evidentes desse problema é a dor nos ossos e articulações, inclusive das pernas.

A melhor forma de combater a anemia falciforme é descobri-la o quanto antes, para que haja um acompanhamento médico (e que pode incluir nutricionista, psicólogo, dentista, oftalmologista, entre outros), que deverá ocorrer durante toda a vida do paciente.

O trabalho é feito para impedir o surgimento de infecções e prevenir as crises de dor.

Artrose

A artrose no joelho causa forte dor na região, além de uma inflamação na articulação. Trata-se de um problema bem limitante e que ocorre devido a um processo de degeneração da cartilagem. A artrose é rara antes dos 40 anos, mas muito recorrente a partir dos 60.

E apesar da idade influenciar, outros fatores pesam nesse problema:

  • Obesidade;
  • Ser do sexo feminino (artrose atinge três vezes mais as mulheres do que os homens);
  • Ausência de exercícios físicos;
  • Predisposição genética.

O tratamento da artrose ajuda o paciente a aliviar os sintomas e a ter uma vida ativa.

Para impedir a progressão da doença, são indicados medicamentos específicos, repouso, perda de peso, exercícios físicos, fisioterapia e órteses – faixas, talas e outros itens que ajudam a alinhar a articulação.

Poderá gostar: Dor do lado direito da barriga perto da virilha. O que significa?


Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *