Tem dor no meio do tórax? Veja as causas e o tratamento adequado


De repente a dor no meio do tórax invade impetuosamente a sua vida, batendo alucinadamente, sem aviso prévio, provocando desorientação, trazendo mal-estar, gerando ansiedade e principalmente assustando os familiares que estão ao seu redor.

Doida, desvairada, alucinada, sem critério algum atinge jovens e idosos, invade sua privacidade, seu corpo e transforma sua vida, está literalmente aberta a porta do inferno!

Para tentar entender essa dor pungente no meio do tórax listaremos as possíveis causas e tratamento fechando as portas do inferno e para que possa viver com mais qualidade de vida.

Causas e o tratamento para dor no meio do tórax

Causas e o tratamento para dor no meio do tórax

Origem cardíaca

Chamada de angina cardíaca a dor dura poucos segundos, mas é muito intensa e é um sinal de que o coração está recebendo pouco sangue naquele momento, não tem irrigação o suficiente. Sem irrigação o músculo não recebe oxigênio nem nutrientes causando a dor.

A dor é sempre um sinal de alerta, algo está errado no seu organismo. Pode acontecer durante uma atividade física intensa, emoções fortes ou até mesmo em baixas temperaturas é a chamada angina estável.

Casos em que a dor tem inicio com atividades mais leves ou até mesmo em uma situação de repouso, tem duração mais prolongada, em torno de 20 minutos e é chamada de angina instável.

O estágio mais avançado da doença é denominado infarto do miocárdio. A ausência de irrigação constante acaba provocando a necrose do músculo.

A dor pungente nestes casos irradia-se para os braços, mandíbula e ombros. Também causa suor, vômitos e tontura que pode levar ao desmaio.

Causas e o tratamento para dor no meio do tórax

Tratamento para angina estável

  • O primeiro passo é a investigação através de métodos complementares como ecg, teste ergométrico e cintilografia.
  • Mudança de hábitos alimentares para evitar o excesso de perda de peso e exercício físicos conforme orientação médica.
  • Medicações que podem ser utilizadas: aspirina, betabloqueadores, nitrato com efeito vasodilatador e antagonistas de cálcio.

Tratamento para angina instável

  • Medicação oral e subcutânea.
  • Repouso no leito com uso de oxigênio.
  • Sedação.
  • Morfina, para aliviar os sintomas.

Tratamento para infarto do miocárdio

  • Medicamentos para afinar o sangue e prevenir coágulos.
  • Procedimentos como angioplastia com implante e cirurgia de revascularização do miocárdio.

Origem não cardíaca

Pressão alta: Ocasionada pela alta pressão exercida pelo sangue para se movimentar podendo resultar em dor no tórax. Apresenta como fatores de risco a obesidade, vida sedentária e excesso de sal.

Tratamento : Exercícios físicos regulares, alimentação com redução do sal, evitar bebidas alcoólicas e evitar situações de estresse. Tratamento medicamentoso com vasodilatadores.


Problemas digestivos: azia, má digestão, diarreia, gastrite, entre outros, podem apresentar sintomas tão intensos que trarão como reflexo a dor no tórax.

Tratamento : Alimentos de fácil digestão que não irritem seu estomago, roupas leves e confortáveis, mastigar bem os alimentos, remédios inibidores para diminuir a acidez gástrica, controle da ansiedade e do estresse e chás digestivos.


Problemas musculares e ósseos: bursite, osteoporose, artrite, osteomielite e tendinite, são alguns exemplos e poderão trazer como repercussão a dor no tórax.

Tratamento: Atividade física com orientação médica, dieta rica em cálcio e proteínas, suplementos alimentares ricos em cálcio e vitamina D, analgésicos e antidepressivos em caso de dor intensa e persistente.


Problemas emocionais: ansiedade, depressão, estresse e medo excessivo são alguns dos problemas emocionais que trarão consequências para seu organismo incluído a dor no tórax.

Tratamento: Exercícios físicos regulares, sair com pessoas próximas que irão ajudar neste momento difícil, terapias alternativas como meditação, ioga, acupuntura e a ajuda de um especialista que poderá fazer uso de medicamentos antidepressivos.


Porta do inferno fechada, a louca, desvairada que invadiu sua vida está controlada!

Siga os conselhos da escritora Clarice Lispector  “cuide-se como se você fosse de ouro, ponha-se você mesmo de vez em quando numa redoma e poupe-se”.

Poderá gostar:

Tem dor no meio do tórax? Veja as causas e o tratamento adequado
4.7 (93.33%) 3 votes
Loading...


Relacionados do blog...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *