Tem corrimento branco leitoso? O que é e como tratar


O corrimento branco leitoso que incomoda muitas mulheres muitas vezes vem acompanhado de cheiro, além da consistência bem diferente da normal, isso pode ser sinal de infecção.

Tais como vaginose bacteriana, candidíase e alteração na flora vaginal, o corrimento pode vim acompanhado de diversos outros sintomas, como ardência, coceira vaginal e coceira.

Caso você apresente esses sintomas, o mais indicado é que ser procure um ginecologista, para que o mesmo possa recomendar o tratamento mais adequado para o seu problema.

É importante ressaltar que nem todo o corrimento é sinal de infecção ou doença, na realidade é norma que a mulher tenha esses corrimentos em pequenas quantidade de secreção seja ela transparente ou branca.

O corrimento semelhante a clara de ovo, pode indicar o período fértil da mulher.

Poderá gostar: Corrimento Amarelado na Gravidez – Tudo o que Você Precisa Saber


Principais causas do corrimento branco leitoso

causas do corrimento branco leitoso

O corrimento branco meio pastoso quando acompanhado de sintomas, como coceira, ardência, vermelhidão e queimação na região genital pode ocorrer por diversas causas, tais:

  • Vaginose bacteriana onde ocorre uma alteração da flora vaginal, onde há uma grande possibilidade de proliferação de bactérias.
  • Candidíase Vaginal é uma infecção muito comum nas mulheres, característica de um corrimento branco, que causa muita coceira, dor, ardência e vermelhidão.

Quando o corrimento apresentar cor diferente de branco ou transparente, no caso apresentar cor amarelo, rosa ou até mesmo marrom pode ser sinal de doenças sexualmente transmissíveis ou infeção é preciso procurar o seu ginecologista e investigar as possíveis causas.


Principais cuidados para evitar o corrimento branco

cuidados para evitar o corrimento branco

É importante tomar os cuidados com a higiene intima a seguir:

  • Evite se possivel ficar com roupas intimas molhadas ou úmidas;
  • Utilize peças somente de algodão, não utilize material sintético;
  • Evite roupas apertas, principalmente calças e shorts jeans;
  • Evite consumir alimentos doces e ricos em carboidratos, pois pode diminuir a imunidade e aumentar a possibilidade de adquirir infecções;
  • Não use duchas vaginais, utilize somente o chuveiro normal, lavando somente a parte externa com sabão e a interna com água;
  • Sempre que possível durma sem calcinha;
  • Uma dica extremamente importante e depois de evacuar, se limpe sempre de frente para trás, assim, você evita que as bactérias fecais entre na vagina e com isso provoque uma infecção.
  • Papel e lenços umedecidos perfumados podem prejudicar a saúde intima da mulher, aumentando assim, a possibilidade de proliferação de infecções.

Ainda se têm muitos tabus a respeito do corrimento branco, a dúvida que não quer calar, é ser o corrimento branco pode ser sinal de gravidez.

Na realidade a presença de corrimento branco bem leitoso é sinal que organismo funcionou como deveria, e a mulher ovulou normalmente, de fato esse corrimento branco pode ser gravidez quando o mesmo ocorrem em abundância.

Quanto mais muco branco, maior serão as chances de gravidez, já o corrimento branco pastoso, sem sintomas algum, como coceira ou ardência é sinal que o seu organismo estar funcionando de maneira saudável, é que estar em concentração maior de progesterona.

Por conta disso, esse corrimento tem uma aparência mais firme e resistente, quando mais duro e consistente for esse corrimento, maior é a concentração de hormônio e progesterona.

Poderá gostar: Qual o melhor tratamento caseiro definitivo para a herpes genital?


O corrimento branco normal, nunca deve:

  • Ser acompanhado de sintomas como irritação, coceira e ardor;
  • Mau cheiro;
  • Quantidade e consistência do mesmo deve variar durante todo o período menstrual.

O corrimento branco leitoso / pastoso pode ser sinal de gravidez, quando o mesmo e produzido em abundância, mesmo após o atraso menstrual. Neste caso o corrimento é bem pastoso esbranquiçado, sem ardor, odor e coceira no local.

Você sabia que o estresse também pode causar descontrole desse corrimento?

Ser você estar sob pressão psicológica ou emocional, esteja atento ao sintomas e a cor do corrimento, pois esse é um dos fatores que podem afetar o sistema reprodutor de uma mulher, é preciso estar atento ao excesso de estresse e as principais causas que podem afetar a sua saúde vaginal.

A liberação de hormônio que ocorre pode afetar o seu sistema imunológico, e assim interferir em todo o seu ciclo menstrual, esse fatores juntos, possibilitam a proliferação de bactérias na vagina, consequentemente causando aquele corrimento branco bem pastoso.

É preciso estar atento (a) aos sinais que o seu corpo estão dando, pode ser sinal de problema, mantenha o check-up com a sua ginecologista em dia.

Vídeo: “Corrimento” vaginal: As diferenças e o tratamento

O  Dr. Igor Padovesi, obstetrícia e ginecologia fez um excelente vídeo, bem curto e resumido, que explica um pouco sobre os diferentes tipos de corrimento vaginal e o motivo pelo qual ele acontece.

Caso tenha 3 minutos livres assista ao vídeo, vale muito e pena!

<<< voltar para a homepage

Loading...
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Relacionados do blog...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *