Como acontece o tratamento da febre zika


Neste artigo iremos falar sobre como acontece o tratamento da febre zika e os seus sintomas, esperemos que esclareça as suas dúvidas.

A febre zika é provocada pelo vírus Zika (ZIKAV) que é transmitido através dos mosquitos Aedes aegypti (também conhecidos por transmitir dengue e a febre chikungunya) e o Aedes albopictus.

O primeiro caso da febre Zika foi descoberto em 1947, durante uns estudos realizados em macacos na floresta de Zika, na Uganda, África. No entanto, só foram relatados casos em humanos na década de 60. O primeiro grande surto foi registrado na Micronésia, no Pacífico Norte, em 2007.

No brasil, os primeiros casos só foram descobertos em 2015, na Bahia e no Rio Grande do Norte. No entanto, já foi detetada a sua presença em cerca de 70 países.

Sendo que a febre Zika é relativamente nova no nosso país, as pessoas não têm imunidade contra o vírus. Assim sendo, a mesma espalhou-se rapidamente por todo o Brasil.


O que é a febre zika

O que é a febre zika

Transmissão da Zika através da picada de um mosquito

A febre zika, tal como referido anteriormente, é transmitida pela picada de um mosquito.

O mosquito Aedes aegypti, após se alimentar do sangue de alguém contaminado pelo vírus, passa a transporta-lo durante o resto da sua vida. Se as fêmeas contaminadas depositarem ovos, todos eles estarão infetados pela febre zika.

Após a picada do mosquito os sintomas demoram entre 3 a 12 dias a aparecer.

Devido à falta de vacinação contra este vírus, ele se espalhou rapidamente, infetando grande parte do Brasil.

Apesar da sua transmissão ser geralmente feita através da picada de um mosquito, há casos mais raros onde a causa da infeção do vírus foi através de relações sem camisinha e de forma perinatal (da mãe para o bebê).

Uma das maiores complicações da doença é quando a gestante é contaminada com o vírus, pois o seu bebê pode nascer com uma grave doença neurológica, microcefalia.

No entanto, há tratamentos para vírus e mais à frente falaremos sobre como acontece o tratamento da febre zika.

Poderá gostar: Como os virus se reproduzem? Explicação da esquematize


Sintomas do vírus Zika

Sintomas do vírus Zika

Sintomas do vírus Zika

Apenas após 3 a 12 dias da picada do mosquito (período de incubação) as pessoas começam a manifestar os sintomas do mesmo.

No entanto, estima-se que apenas 1 em cada 5 pessoas contaminadas pelo vírus desenvolvam os sintomas, ou seja, cerca de 20%.

Apresentamos agora uma lista dos sintomas mais comuns e raros provocados pelo vírus zika.

     Raridade                  

 Sintomas

Comum

Febre baixa – entre 37,8º e 38,5º

Raro

Dor abdominal

Comum

Dor nas articulações – mais frequente nas mãos e nos pés

Raro

Constipação

Comum

Erupções cutâneas – mais frequente no rosto, tronco, mãos e pés, normalmente acompanhadas de coceira

Raro

Fotofobia – sensibilidade ou aversão a qualquer tipo de luz

Comum

Conjuntivite – vermelhidão e inchaço nos olhos

Raro

Diarreia

Comum

Dores de cabeça e atrás dos olhos

Raro

Pequenas úlceras na mucosa oral ou aftas

Comum

Dores musculares

Raro

Perda de apetite e tonturas

Se apresentar mais de 5 dos sintomas listados, aconselhamos que se dirija a um médico para o mesmo lhe dar um diagnóstico sobre se realmente está infetado e o respetivo tratamento.


Como acontece o tratamento da febre zika

Como acontece o tratamento da febre zika

O tratamento para este vírus é sintomático, ou seja, não há nenhum tratamento específico ou vacina para a cura desta doença, apenas para o alívio dos sintomas provocados.

A maneira mais comum para aliviar os seus sintomas é através de medicamentos e analgésicos.

Os medicamentos aconselhados neste caso são:

  • Analgésicos: Paracetamol ou Dipirona – tomar de 8 em 8 horas para combater a dor e a febre;
  • Anti-infamatórios: Ibuprofeno – tomar de 8 em 8 horas para diminuir as dores nas articulações e musculares;
  • Anti-alérgicos: Loratadina, Cetirizina ou Hidroxizina para aliviar a vermelhidão na pele, nos olhos e a coceira no corpo;
  • Colírio lubrificante: Moura Brasil – aplicar nos olhos 3 a 6 vezes ao dia.

É muito importante evitar o uso de medicamentos à base de ácido acetilsalicílico e anti-inflamataórios não hormonais ou que contenham substâncias associadas ao mesmo, como por exemplo: aspirina, ibuprofeno e diclofenaco, pois eles aumentam o risco de hemorragias.

Para evitar também a transmissão do vírus, as pessoas infetadas devem ser mantidas longe de mosquitos, evitando que os mesmos se contaminem e transmitam a doença para outras pessoas. Assim sendo, recomenda-mos o uso de redes mosquiteiras e repelentes.

Além disso, é muito importante descansar durante 7 dias após o aparecimento dos sintomas, fazer uma alimentação rica em vitaminas e minerais e beber muita água, para evitar a desidratação.

Os sintomas provocados pela febre zika diminuem espertamente após 4 a 7 dias. No entanto, se os sintomas persistirem durante mais tempo, aconselhamos que se dirija de novo a um médico devido a alguma complicação e peça um novo diagnóstico.

E então, já sabe como acontece o tratamento da febre zika? Esperamos ter respondido a todas as suas questões!

Poderá gostar: Coxsackie Virus – O que é? É possível tratar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *